|- Documentos necessários para você tirar seu passaporte

 

            

             Os documentos necessários para você tirar seu passaporte são; RG, Certidão de Casamento ou de Nascimento, Título de Eleitor e prova de quitação eleitoral. Certificado Militar (homens de 18  a 45 anos), 2 fotos 5 X 7 recentes em fundo branco, de frente datadas. Autorização dos pais (para menores). Formulário próprio, comprado em papelaria, preenchido com letra de forma. Comprovante de pagamento da taxa (Darf) em três vias. Fica pronto de três a cinco dias.

 

             DICA IMPORTANTE: Em caso de dúvida consulte sempre uma agência dos correios próximo de sua residência.

 

|- Na preparação para a viagem:

 

              A MALA: Você tem que fazer sua mala considerando sempre o tipo de viagem que vai fazer, o tipo de hotel que vai ficar… Por exemplo, se você vai fazer uma viagem econômica, a melhor opção é levar pouca coisa, de preferência em uma mochila ou mala que seja fácil de carregar. Se você levar um malão, não vai ter como pegar ônibus do aeroporto para o lugar aonde vai se hospedar, vai dar preguiça e cansaço só de pensar !! Aí vai ter que recorrer ao táxi, que nunca será tão econômico quanto o transporte coletivo.

 

             Internet: Verificar na internet, antes da compra do pacote ou da reserva de algum serviço como hotel, aluguel de carro ou qualquer coisa assim, a reputação da empresa na qual se pretende fazer a compra.

 

             Hotéis: No caso de hotéis, pesquise também sobre o próprio hotel antes de fechar qualquer coisa. positivo à respeito deles !

             Outra coisa super importante é verificar a que distância o hotel fica dos seus pontos de interesse. Porque não vai adiantar nada você fechar um hotel super baratinho para economizar, aí chegar lá e ver que  ele é super longe de tudo. Aí você vai gastar com transporte, sendo que se pagasse um pouco mais caro por algo perto dos pontos que você quer ver, poderia muitas vezes fazer tudo até a pé.

 

             Seguro Saúde: Não deixe de fazê-lo de jeito nenhum ! Você pode precisar de um atendimento de nada no hospital e pagar uma fortuna por isso, dependendo do país em que estiver. Fora que alguns países que tem regras mais rigorosas para entrada de turistas exigem o seguro. Leve impressa a reserva do hotel em que vai ficar. Assim como no caso acima, alguns países pedem que você comprove aonde vai ficar hospedado.

            

             Celulares: No caso de celulares pré pagos, desbloquear para uso internacional. Essa é uma boa para fugir daquelas contas caríssimas que os celulares pós pagos nos apresentam quando voltamos de férias !

                Se o atraso for superior a quatro horas, a companhia aérea é obrigada a colocar você em outro vôo, próprio ou de outra companhia, além de arcar com suas despesas de alimentação e hospedagem, caso o vôo seja adiado ou cancelado por outras razões que não seja o mau tempo. E se, por conta disso, você perder uma conexão, a empresa é obrigada a recolocá-lo no primeiro avião disponível, arcando, também, com todas as despesas que esse atraso venha a causar.

             Se ainda assim você se sentir prejudicado (perder parte do passeio ou uma importante reunião de negócios, por exemplo), tem direito a ser recompensada pela companhia aérea. Leia mais sobre os dez mandamentos do consumidor.

             Mesmo pagando excesso você não pode embarcar quantas malas quiser, há limites de malas por passageiro. E estes limites só são ultrapassados quando há espaço disponível no avião, o que depende da quantidade de passageiros e malas embarcadas.

             De qualquer forma, a taxa que se paga por quilo extra é proporcional ao preço da passagem, o que geralmente,  custa bem caro. Em geral nunca menos de $10 por quilo excedente.

Caixa de texto: |- Do you Speak english?

	

	Em qualquer lugar do mundo fatalmente você encontrará alguém que fale inglês, mas caso isso não aconteça ou você também não fala a língua,  um dicionário de frases locais, sua simpatia ou gestos ajudam muito a comunicação.

|- Filhos menores? Ex-mulher

	Filhos de menores de idade de pais divorciados não podem viajar sozinhos, só com a autorização de um deles, mesmo que a mãe detenha a guarda dos filhos, a autorização emitida pela Polícia Federal precisa ser assinada também pelo pai. E vice-versa. Se isso não for possível, é preciso ir pessoalmente ao Juizado de Menores com a criança para conseguir uma autorização especial. Se o casal estiver em plena harmonia basta ter os documentos em ordem, pois se solicitados devem apresentá-los.

|- Mãos ao alto!

  	A primeira coisa a fazer é registrar a queixa a polícia. Em

|- Redes Sociais
|- GWC

|- 10 dicas do que levar em uma viagem


1- Poucas malas.
2- Malas leves.
3- Uma nécessaire de cosméticos e materiais de higiene íntima.
4- Dê preferência a embalagens plásticas para os cosméticos, pois diminuem o risco de quebra.
5- A quantidade de roupas deve ser proporcional a quantidade de dias e compromissos agendados na viagem.
6- Leve roupas para o dia.
7- Leve roupas para as baladas.
8- Se não for ficar em hotel, leve roupas de banho e de cama.
9- Se for para um acampamento ou fazenda, leve sabonete para escabiose (sarna) e repelentes.
10- Ultimo toque: cuidado com pessoas estranhas que se aproximem de você na viagem.

|- Importante

             Lembrar de levar o adaptador universal. Existem milhares de tipos de tomadas no mundo e, com certeza, você vai precisar de um desses. Você pode até pedir emprestado na recepção do hotel, mas pode acontecer deles não terem nenhum disponível para emprestar.

             Verificar o clima local antes de arrumar as malas. Não basta você saber se é primavera ou outono no país para o qual você está indo.

|- Dólares, Cheques de viagem ou cartões de crédito? Eis a questão!

 

                O ideal é um pouco de cada um, pois todos têm vantagens e desvantagens. Cheques de viagem são mais seguros porque em caso de perda ou roubo podem ser cancelados, mas fique de olho nas taxas de câmbio, quando for preciso trocá-los por outra moeda que não a original.

             O dólar já têm a vantagem de serem fáceis de trocar. Com ele todo cuidado é pouco perdeu não há possibilidade de recuperá-lo.

             E os cartões de crédito, que são práticos e seguros ( servem de garantia como por exemplo, na hora de alugar um carro ), porém não são todos os lugares que os aceitam. Importante é levar sempre uma quantia em dinheiro para as despesas inicias.E dê preferência as cédulas pequenas de 1, 5 e 10 dólares devido serem mais fáceis de trocar e difíceis de falsificar. As notas de 50 e 100 são fáceis de falsificar e difíceis de serem trocadas.

GWC
GWC
GWC

Portal GWC |  Seu Portal Eco– Cultural– Informativo e Comercial  | Grupo Web de Comunicação| RTBG | Revista Teen Boys e Girls |GSC - Guias de Serviços Cidades

|- Como Pagar? Eis a questão!

|- Notícias

|- Excesso de bagagem?

|- Perdeu a conexão?

|- Cartões

 

         Lembrar de desbloquear os cartões para uso internacional.

Acredita que nas férias desse ano eu quase esqueci ?

              Imagina chegar em terras estrangeiras e perceber só lá que você esqueceu desse detalhezinho básico ?


|-  Dúvidas ao arrumar as malas para viagem? Veja abaixo como fazer.

|-Segundo  os artigos de REGINA DI CIOMMO

 

             Preparar as malas e sair para viajar é um dos prazeres da vida. A expectativa de encontrar diversão ou descansar, conhecer lugares e pessoas novas, ou ao contrário, rever amigos e parentes e visitar a terra natal, existem mil motivos que levam o turista a viajar e todos são importantes.

 

             Para muitos a viagem para um passeio turístico, sozinho ou com a família, poderia ser bem mais frequente, se não exigisse uma reserva financeira ou um financiamento para a viagem, porque passagens e hospedagem são itens que pesam no orçamento.

 

             Quando se planeja uma viajem, muitas vezes os turistas pensam em reservar sua passagem aérea, reservar hotel, telefonar e entrar em contato quando tem família ou amigos morando no local de destino da viajem, enfim, uma série de procedimentos que tornam a viagem possível. Mas, em muitos casos, esquecem-se de um detalhe muito importante: fazer um seguro viagem.

 

             Quer seja através de uma seguradora, uma agência de viagens ou o próprio banco do qual é cliente, o seguro viagem é vendido com um importante objetivo: cobrir o prejuízo que uma surpresa desagradável traz quando estamos fora de casa. Quer seja uma dor de dente, um acidente ou uma agressão, que deixa sequelas. Em casos mais graves, o seguro garante o atendimento hospitalar e, se necessário, o mais triste dos eventos, que é o traslado do corpo para a cidade de origem.

 

             Infelizmente essa é uma realidade que vem ocorrendo e que deve deixar a todos os turistas preocupados e motivados a providenciar o seguro viagem. Para a maioria dos destinos, como Estados Unidos, Canadá, Austrália e Oceania, Oriente Médio, etc., o seguro não é obrigatório.

 

             Por mais que se procure evitar problemas, não é possível se prever certas ocorrências que envolvem qualquer um que esteja viajando.

 

             Na Austrália, por exemplo, vem acontecendo incidentes envolvendo brasileiros, tratados brutalmente por serem confundidos com marginais ou mesmo por esboçarem qualquer reação diante da violência contra seus amigos a contra si mesmos, por grupos organizados ou pela polícia. No início deste ano um brasileiro foi espancado em um pub em Sydney e deixado inconsciente no meio da rua.

 

             Levado para uma UTI, permaneceu um mês em coma e sofreu sequelas graves no cérebro. Depois de melhorar, conseguiu voltar ao Brasil.

 

             Mais recentemente outro brasileiro foi agredido violentamente por defender um amigo que estava sendo atacado, em Sydney. Apesar de não estar fazendo um passeio turístico, pois estava na Austrália há um ano, o biólogo Lúcio Stein Rodrigues, de 34 anos, morreu em consequência de traumatismo craniano e a família tem dificuldades financeiras para trazer o corpo de volta ao Brasil.

 

             Um outro caso envolvendo um brasileiro na Austrália aconteceu em 2012, com Roberto Laudisio Curti, de 21 anos, que foi morto pela polícia com disparos de arma de descarga elétrica, por ter sido confundido com um assaltante.

 

             A violência inesperada e o que ela traz de transtornos psicológicos e financeiros para uma família não pode ser subestimada. Isso não ocorre apenas fora do Brasil, mas nas viagens para metrópoles brasileiras, como Rio de Janeiro, São Paulo e Recife.

 

             Por outros motivos, turistas também são envolvidos em violência, como quando visitam países com instabilidade política, como é o caso do Egito. A visita às maravilhas do Egito passaram a ser escassas com o governo religioso eleito e com a violência das ruas, que sacudiu o Cairo depois do golpe militar.

 

             O ex-presidente Mohammed Mursi não via o turismo ao redor das pirâmides do Egito  com bons olhos, porque sua ideologia via a admiração pelos sítios arqueológicos como paganismo. Seu governo também passou a proibir bebidas alcoólicas, o que faz de um turista que toma seu drinque um alvo fácil da violência.

 

             Turistas também podem se envolver em aventuras perigosas e acabar por terem que recorrer a socorro médico e hospitalização, quando querem explorar florestas ou lugares de difícil acesso, onde enfrentam problemas inesperados. Foi o caso de nove estudantes ingleses que visitavam o Algarve, em Portugal, turistas que foram arrastados por uma corrente marítima. A região é de encostas íngremes, e os estudantes tentaram se salvar da correnteza marinha escalando as falésias, quando sofreram diversos ferimentos.

 

             No Brasil, é frequente que turistas se percam na selva amazônica. O Centro Integrado de Operações de Segurança, do Corpo de Bombeiros do Amazonas informa que foram 95 pessoas desaparecidas, perdidas na floresta, nos últimos três anos. Em média são 30 pessoas que se perdem a cada ano, em um ambiente em que nem mesmo o sistema GPS funciona, por causa da copa das árvores.

 

             São jovens aventureiros, turistas, que são resgatados se as famílias acionam os bombeiros. Na maioria dos casos, depois de quatro a oito dias são encontrados e se recuperam em um hospital. Mas algumas vezes não resistem às privações e ferimentos.

 

             Portanto, o principal para se evitar problemas de saúde em uma viagem é a prevenção e a informação sobre os possíveis riscos que se corre nas atividades que se pretende desenvolver no passeio turístico.

 

             É preciso pesquisar para se conhecer previamente o ambiente que se vai enfrentar, quer em termos políticos, geográficos, culturais e climáticos.

 

             Somente com um seguro viagem é possível recuperar um gasto com um atendimento médico e de emergência, que pode chegar a quantias extraordinariamente altas.

 

             Para os países da Comunidade Européia, o seguro viagem é obrigatório, exigido de todos os turistas, graças ao Tratado de Schengem, adotado por esses países.

|- POR QUE VIAJAR? VIAJAR É VIVER!

 

             O famoso escritor dinamarquês Hans Christian Andersen definiu o significado de viajar de forma magnífica:

             “Mudar, respirar, voar, flutuar, ganhar tudo enquanto você também dá, percorrer as estradas de terras remotas: viajar é viver”.

 

             O que a palavra “viagem” realmente significa para você? Nós viajantes, em algum ponto de nossas vidas, temos que enfrentar essa pergunta. Alguém vai nos dizer “por que você gosta de viajar?” ou “para que viajar?”. Alguns até dirão que não entendem porque gastar dinheiro em uma viagem ou vão argumentar que há uma verdadeira razão oculta por trás de nossas aventuras.

 

             Alguns ainda dizem que eles “adorariam viajar” e que esse é um de seus sonhos, mas sempre vão arranjar uma desculpa para se justificar, dizendo que não podem. Com certeza há quem tenha razões legítimas, mas embora tentemos convencer muitos a viajar, sempre há os que têm mil desculpas para recusar.

 

             Para aqueles que deram o corajoso passo e entraram na aventura de viajar, parabéns! O que mais acontece é ouvir o quanto as pessoas estavam com medo de ir, mas foram assim mesmo. Há verdadeiramente coisas em uma viagem que podem ensinar sobre a vida e sobre nós mesmos, que simplesmente não se podem aprender ficando em casa, indo à escola ou em uma carreira profissional.

 

             Este é um dos motivos porque viajamos, pois um destino não é apenas um lugar, mas uma nova maneira de ver as coisas. Não queremos apenas ver a Torre Eiffel ou o Big Ben, queremos ver as pessoas naquela cultura e saber como vivem em um país específico, porque cada país é diferente e cada um tem algo mais a oferecer. Aprender a maneira de viver de cada país que você visita é aprender o que muda na vida das pessoas, não apenas olhar edifícios e monumentos que já foram vistos em fotos ou filmes.

 

             O que faz com que realmente gostemos de nossas viagens é o fato de que sentimos que realmente estamos aprendendo com nossas experiências lá fora. Não dá para entender como alguns jovens viajantes que encontramos costumam dizem que viajam para “experimentar novas culturas”, mas depois passam as noites bebendo e indo a bares e dormem o dia inteiro. Isso não é conhecer a cultura, mas apenas experimentar a vida noturna, o que se pode fazer na cidade onde se mora a qualquer momento. Por que desperdiçar seus dias dormindo, quando você poderia estar explorando a beleza de uma cidade e a cultura que há nela? Existem tantos que gostariam de viajar e estão lutando para conseguir dinheiro para uma viagem, enquanto outros desperdiçam tempo e recursos.

 

             Nós não viajamos apenas pela paixão e pela experiência, mas para sentir os efeitos de uma viagem em nossa vida. Não apenas para contabilizar o número de lugares onde já estivemos ou o número de dias em que viajamos, mas para conhecer pessoas e fazer amigos.

 

             E para você, o que uma viagem significa? O que faz você largar tudo e aprontar as malas para ver o mundo?

 

 

|- O QUE SIGNIFICA UMA VIAGEM

 

 

             A definição de viagem afirma que é a ação de deslocar-se de um lugar para outro. Entretanto, muitos dos que viajam muitas vezes ainda não sabem onde o “outro” lugar fica. Alguém disse que “turistas não sabem onde estiveram e viajantes não sabem onde estão indo”, isto porque para um viajante o que importa é a viagem e não o destino.

 

             O verdadeiro sentido da viagem é muito diferente de sua atual definição. Sair para viajar é tomar uma atitude. Você vai deixar alguma coisa, às vezes tudo, para trás e partir para algo novo. A única coisa certa na viagem é o que você está deixando, tudo mais poderá mudar.

 

|- VIAJAR SIGNIFICA EXPERIMENTAR COISAS NOVAS

 

             Quase todos os viajantes vão concordar que experimentar coisas novas representa a principal motivação para viajar.

 

             Experimentar a vida em um ritmo diferente, de uma diferente perspectiva e em um lugar diferente. Buscar novas experiências faz com que se fuja do ruído da vida moderna e se possa conectar com novas pessoas em contextos diferentes, com novas ideias e tradições, onde se pode comer um alimento diferente com diferentes sabores e texturas.

 

 

Experimente: Seguro Viagem

Copyright 2010-2016 | Todos os direitos reservados | GWC | GSI | RTBG | Designer by GWC Editora | Publicidade | Assessoria
Fotos, imagens e vídeos meramente para divulgação | Reportagens são de responsabilidade dos seus idealizadores. O conteúdo, imagens, informações de empresas e pessoas físicas anunciados no portal, são de responsabilidade de seus anunciantes.    É proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo, imagens, sistema de trabalho ou qualquer parte da propriedade intelectual do
Portal, sob pena da lei de Direitos Autorais. Todos os Blog|Sites “linkados” fazem parte do Grupo Web de Comunicação. -
Comunicar erro nesta página - Telefone Comercial + 55 (13) - 99667-0140

 

 Grupo Web de Comunicação - Recebe indicação Melhores do ano de 2013 - Categoria - Comunicação Portal Notícias - Agradecemos esse sucesso, a você Leitor. Nosso muito obrigado!


Acontece


Cabelos


Celebridades


Cozinha


Estações


Estética


Gatos


Gatas


Leitor


Beleza


Mix


O.N.D.A


Primeiro

Encontro


Saúde


Sexualidade


Moda


UP-Cultural


Viagem


Vídeo Music


Séries e Cines